Preso, suspeito de participação na morte de cafeense que foi esquartejado e queimado dá entrevista

Giovanne Savedra Monteiro foi preso em São Lourenço do Sul pelo crime ocorrido no início do mês de julho | Sóstenes da Silva

Preso, suspeito de participação na morte de cafeense que foi esquartejado e queimado dá entrevista

Foi preso no início da manhã de segunda-feira, 06 de agosto, em São Lourenço do Sul, e apresentado na Delegacia de Polícia de Nova Petrópolis no início da noite um dos suspeitos do homicídio de Alexandro Rogério Grott, de 32 anos, ocorrido começo do mês de julho em Picada Café. Giovanne Savedra Monteiro, de 19 anos, conhecido também como Paulista, por ser natural de São Paulo, teve a voz reconhecida no vídeo em que os assassinos gravaram enquanto queimavam o cadáver, que antes havia sido esquartejado. Monteiro foi encaminhado na mesma noite de segunda-feira para o presídio Apanhador, de Caxias do Sul. Após realizar o exame de corpo de delito no Hospital Nova Petrópolis, ele aceitou conceder uma entrevista em vídeo, na qual negou participação no crime.

 

Veja a entrevista:

Você precisa iniciar uma sessão para visualizar o restante do conteúdo.Por favor, . Você ainda não possui uma conta de usuário? Cadastre-se!